Notícias

Leitura Bíblica – Dúvidas da Semana #1 (Mateus 1 a 18)

Pergunta: Em Mateus 2.15 fala de anúncio dado por um profeta. Em passagem fala sobre esse anúncio e qual foi o profeta?

Resposta: A citação é de Oséias 11.1. Em Oséias a mensagem se refere a nação de Israel. Mateus apresenta como um texto profético que tem cumprimento no “menino” Jesus.

Pergunta: Como entender a passagem do evangelho de Jesus Cristo escrito por Mateus, capítulo 7, onde ele diz que não devemos jogar pérolas aos porcos?

Resposta: Jesus fala do cuidado que devemos ter no trato com as pessoas, muitas pessoas se precipitam nas suas opiniões e conselhos que pioram a situação pois, não tem um discernimento e nem uma palavra de Deus para a pessoa.

O mesmo pode ocorrer na proclamação das Boas Novas onde encontramos pessoas tão insensíveis que não dão o devido valor às coisas de Deus e, por causa do nosso fervor missionário não nos detemos ao que é essencial para a evangelização, ficamos falando de coisas espirituais que jamais serão entendidas por quem ainda não conhece a Palavra.

Portanto, quer seja na hora de aconselharmos ou exortarmos alguém, quer seja na hora de testemunharmos das coisas de Deus precisamos pedir sabedoria e discernimento de Deus para sermos benção na vida das pessoas.

Jesus coloca essas palavras considerando o ambiente religioso do judaísmo tão bem caracterizado por por esses dois sentimentos: a vontade de julgar e o fervor para converter.

Pergunta: Quem são esses do reino dos céus, cujo menor, ainda assim, é maior que João Batista? (Mateus 11.11)

Resposta: Todos os cristão, isso porque a redenção proporcionada por Jesus na nova aliança, bem como os privilégios tal como a presença permanente do Espírito Santo na vida do crente é incomparável  em relação aos crentes da antiga aliança. Pois, apesar da importância de João Batista e da sua presença nas páginas do Novo testamento, ele é (o último) profeta da antiga aliança.

Pergunta: Ainda sobre João Batista, ele é maior que Abraão, Moisés e Davi?

Resposta: Podemos afirmar que sim, isso porque ele não foi apenas profeta, ele foi tema de profecias (Is 40.3: Ml 3.1) e principalmente ele recebeu o privilégio de anunciar de forma direta e pessoalmente o Messias.

Pergunta: Qual a relação de parábola Mt 9.16-17 com a questão do jejum dos apóstolos?

Resposta: A resposta de Jesus é uma crítica não a prática do jejum, mas o propósito das perguntas que é a tentativa dos religiosas de enquadrar Jesus e o cristianismo as práticas e tradições do judaísmo.

Pergunta: Porque constantemente Jesus diz as pessoas que Ele realiza milagres que não conte nada a ninguém?

Resposta: Essas passagens bíblicas são esclarecedoras quanto ao caráter do ministério de curas de Jesus. Elas revelam que Jesus não realiza milagres para se autopromover ou evidenciar seu poder e sua autoridade, antes, seus milagres eram uma expressão de amor por aqueles que padeciam de algum infortúnio.

Compartilhe

Este post está fechado para comentários.